ILHA DE PAQUETÁ

A Paquetur e Paquetá
Como Chegar / Horários
Passeios / Serviços
Restaurantes / Bares
Hotéis / Pousadas / Balneários
 
Agenda de Eventos
Exposições / Acervos
Notícias da Ilha
 
Mapas
Telefones Úteis
O Bairro e Sua História
Geografia / Economia
Patrimônio / Id. Cultural
Legislação Específica
 
Fórum de Debates
Classificados
Parceiros / Links
 
Fale Conosco
 
Casa de Artes Paquetá
Projeto Bem Me Quer
 
GEOGRAFIA E ECONOMIA

LOCALIZAÇÃO

mapa003medio.JPG (58345 bytes)

A Ilha de Paquetá dista aproximadamente 15 km da Praça XV, no Centro da Cidade do Rio de Janeiro, sendo a principal ilha do arquipélago de Paquetá, situada ao nordeste da Baía de Guanabara.


0024.jpg (9763 bytes)

Paquetá:

Tranquilidade e segurança.

Venha conhecer!!


casart.JPG (16862 bytes)

Casa de Artes Paquetá
Visite o Centro Cultural da Ilha de Paquetá.

 

 

É importante ressaltar a proximidade da Ilha a Área de Preservação Ambiental - APA de Guapimirim, onde estão os manguezais da Baía, fonte de renovação da vida marinha.

Essa proximidade (longe da poluição industrial da Baixada) aliada ao fato de Paquetá estar situada em águas profundas, parte do canal principal de navegação da Baía, permite uma ampla renovação de águas em torno da Ilha, e levam as praias a serem consideradas boas para banho, como tem sido amplamente informado pela mídia recentemente.

As coordenadas da Ilha (Ladeira do Vicente esquina com Rua Príncipe Regente como referência) são:

Longitude –43º 06’ 33" W  - Latitude –22º 45’ 30" S

Paquetá é também, estrategicamente próxima aos demais municípios que circundam a Baía de Guanabara:

Niterói - São Gonçalo - Itaboraí - Guapimirim - Magé - Duque de Caxias

ÁREA E TOPOGRAFIA

mapa004.JPG (34790 bytes)

A Ilha tem a forma aproximada de um 8. Sua área total é em torno de 1,2 Km2 com aproximadamente 8 km de perímetro.

Sua mais longa extensão é da Ponta do Lameirão à Ponta da Imbuca, com 2316 m e a menor na Ladeira do Vicente, com aproximadamente 100 m.

São 9 morros, sendo o Morro do Vigário o mais elevado, com 69 metros:

  • Morro de São Roque ou Morro da Moreninha
  • Morro do Castello
  • Morro da Covanca
  • Morro do Costallat
  • Morro das Pedreiras
  • Morro das Paineiras
  • Morro do Vigário
  • Morro do Veloso
  • Morro da Cruz

São diversos segmentos de praia, sendo as listadas abaixo as mais conhecidas e freqüentadas:

  • Praia dos Tamoios
  • Praia do Catimbau
  • Praia do Lameirão
  • Praia da Covanca
  • Praia Pintor Castagneto (Coqueiros)
  • Praia de São Roque
  • Praia da Moreninha (Dr. Aristão)
  • Praia Manoel Luis (Frades)
  • Praia da Imbuca, Iracema e Moema
  • Praia da Mesbla
  • Praia Grossa
  • Praia José Bonifácio (Guarda)

0020.jpg (34719 bytes)

POPULAÇÃO

A população e freqüência da Ilha são extremamente sazonais.

São cerca de 4500 moradores fixos, em sua maioria de famílias antigas na Ilha, com forte vínculo comunitário.

Parte dessa população trabalha no Rio de janeiro, usando o serviço das barcas para chegar ao continente.

Parte dos trabalhadores é absorvida pelos órgãos públicos que administram e operam o dia-a-dia da Ilha, como COMLURB, CEDAE, Fundação Parques e Jardins , etc. Parte é absorvida pelas atividades voltadas para o turismo, hotéis, restaurantes , etc.

A essa população fixa acrescentamos os veranistas, que têm casa na Ilha e vêm com a família nos finais de semana ou férias. Avalia-se que pelo menos 50% dos domicílios da Ilha sejam de veranistas.

Aos moradores e veranistas somam-se os turistas e visitantes que vêm passar o dia, pegando a barca ou aerobarco pela manhã para Paquetá e retornando no final de um dia de lazer, ou pernoitam nos hotéis e pousadas da Ilha.

DOMICÍLIOS, RUAS E PRAÇAS

A Ilha possui de serviço de eletricidade (vinda através de cabos submarinos da Ilha do Governador), água (vinda através de dutos submarinos da Estação de Tratamento Imuna – Laranjal, em São Gonçalo), e esgoto, que é coletado e tratado em Paquetá.

0017.jpg (22311 bytes)

São aproximadamente 2200 domicílios (entre moradores e veranistas), distribuídos em 40 ruas, 12 praças e 2 parques.

 

Ruas do campo

  • Rua Adelaide Alambari
  • Rua Alambari Luz
  • Rua Catimbau
  • Rua Cerqueira
  • Rua Dois Irmãos
  • Rua Feliciana Borges
  • Rua Maestro Anacleto
  • Rua da Moreninha
  • Rua Padre Juvenal
  • Rua Tomás Cerqueira
  • Rua Vivaldo Coaracy
  • Travessa Cerqueira
  • Travessa Dois Irmãos
  • Travessa Dona Polucena
  • Travessa do Pescador
  • Praia do Catimbau
  • Praia Dr. Aristão
  • Praia da Moreninha
  • Praia Pintor Castagneto

Ruas da ponte

  • Rua Coelho Rodrigues
  • Rua Comandante Guedes de Carvalho
  • Rua Comendador Lage
  • Rua Domingos Olímpio
  • Rua Dr. Lacerda
  • Rua Frei Leopoldo
  • Rua Furquim Werneck
  • Rua Guimarães Passos
  • Rua Luis de Andrade
  • Rua Manuel de Macedo
  • Rua Maria Freire
  • Rua Pinheiro Freire
  • Rua Príncipe Regente
  • Rua São Jerônimo
  • Praia das Gaivotas
  • Praia Grossa
  • Praia da Imbuca
  • Praia José Bonifácio
  • Praia Manoel Luiz

Duas ruas são comuns aos dois "bairros" da Ilha:

Praças do campo

  • Praça Alfredo Ribeiro dos Santos
  • Praça São Roque
  • Praça do Ex-Combatentes
  • Praça Manoel de Macedo

Praças da ponte

  • Praça Bom Jesus - a tradicional pracinha da ilha
  • Praça Atobás
  • Praça Fernão Valdez
  • Praça Dr. Lívio Porto
  • Praça Mestre Altinho
  • Praça Pintor Augusto Silva
  • Praça Pintor Pedro Bruno
  • Praça Tiês

Parque do campo

  • Parque dos Tamoios

Parque da ponte

  • Parque Darke de Mattos
Todos os logradouros públicos da Ilha têm nomes associados à cultura local ou homenageiam importantes vultos da história Paquetaense.

 O ARQUIPÉLAGO DE PAQUETÁ

arquipeg.JPG (90132 bytes)

Paquetá é a principal Ilha de um arquipélago com diversas outras ilhas e ilhotas:

Além das diversas Ilhas vale ressaltar a intensa formação de matacões em todo o arquipélago, formando belas paisagens.

0048.jpg (43233 bytes)

FAUNA E FLORA

Como o próprio nome indica – Paquetá – muitas pacas, em tupi-guarani –, a Ilha sempre foi local de abrigo para pequenos mamíferos. Os gambás e as diversas espécies de morcegos são ainda encontradas em abundância, até hoje.

Em conjunto com outras Ilhas do Arquipélago e com a área do Manguezal de Guapimirim, formam um rico viveiro de aves silvestres, marinhas e migratórias.

Ainda que em menor quantidade pode-se encontrar nas praias, cavalos marinhos, estrelas do mar, ouriços, mariscos e caramujos. Nas pedras, pequenas ostras, mexilhões e cracas.

Sempre existiu extensa variedade de peixes estimulada inicialmente pelos manguezais e pelos matacões.

A vegetação de Mata Atlântica nativa, ainda exuberante, com a colonização e formação das chácaras foi sendo acrescida de várias árvores frutíferas, palmeiras, os românticos flamboyants e mesmo o nosso raro baobá, a Maria Gorda.

ASPECTOS ECONÔMICOS

Paquetá foi um importante abastecedor da Cidade do Rio de Janeiro, de hortifruti e agropecuária, principalmente oriundos da Fazenda São Roque. Esta fazenda ocupava praticamente a área original da Sesmaria doada a Inácio de Bulhões, no lado norte da Ilha.

0117.jpg (9415 bytes)

 

A  partir do século XVII começa a se desenvolver na Ilha uma pequena indústria naval, mas principalmente, Paquetá se torna um importante fornecedor de pedras para a construção civil na Cidade do Rio de Janeiro: pedras, devido a grande disponibilidade de matacões na Ilha e cal, devido a fartura de conchas como matéria prima e madeira de mangue como combustível para os fornos.

O cultivo de ostras e a pesca também foram, durante muito tempo, atividades econômicas que mantinham diversas famílias na Ilha. Até hoje a pesca ainda é atividade complementar de renda para muitos na Ilha.

Com a vinda de D. João VI para Paquetá, o aumento do culto a São Roque, o padroeiro de Paquetá, e com a publicação do livro A Moreninha, de Joaquim Manuel de Macedo, Paquetá foi gradativamente assumindo seu papel de pólo turístico, e esta passa a ser a principal atividade econômica do Bairro.

Hoje, podemos avaliar que, aproximadamente 10% da população fixa da Ilha se desloca diariamente para o Rio para trabalhar. O restante da população ativa é empregada nos órgãos públicos da Ilha como: CEDAE, COMLURB, Hospital, , etc., ou vivem direta ou indiretamente de atividades voltadas para o turismo, como: hotéis, bares e restaurantes, charretes, etc.

A Paquetur e Paquetá Como Chegar / Horários Passeios / Serviços Restaurantes / Bares
Hotéis / Pousadas / Balneários Agenda de Eventos Exposições / Acervos Notícias da Ilha
Mapas Telefones Úteis O Bairro e Sua História Geografia / Economia
Patrimônio / Id. Cultural Legislação Específica Fórum de Debates Classificados
Parceiros / Links Fale Conosco

Casa de Artes Paquetá

Projeto Bem Me Quer Paquetá